Planos de saúde empresariais - PME
Oferecer um plano de saúde aos funcionários é positivo tanto para a empresa como para os colaboradores. Para os profissionais, a vantagem é que eles estarão assistidos quando precisarem. Para as empresas, as vantagens são percebidas na melhora da imagem do negócio, já que revela uma preocupação com a saúde e bem-estar do profissional e a redução do absenteísmo por motivos de doenças.
Quem pensa que a escolha do plano de saúde pode ter um custo muito alto, pode se surpreender, já que com a concorrência entre as operadoras, é possível conseguir um plano bem acessível. Se a desculpa utilizada pelo empresário for o número mínimo de funcionários, ela não servirá mais, pois existem planos que aceitam adesões a partir de duas pessoas.
Após a decisão de aderir a um plano de saúde, a empresa deve analisar alguns fatores. O primeiro é pensar nas necessidades dos colaboradores e combiná-las com que os planos de saúde oferecem. Também é preciso avaliar o custo-benefício e pesquisar se a rede credenciada de hospitais e laboratórios fica próxima à empresa, para facilitar o deslocamento. Além disso, o empresário deve olhar também para a abrangência do plano, a política de medicina preventiva e a promoção à saúde adequada à realidade e às necessidades dos funcionários. Segundo especialistas, quanto mais estável o faturamento de uma empresa, maior a abrangência do plano de saúde que ela pode oferecer. No caso de empresas com filiais em diferentes cidades, é preciso saber se a operadora atua nessas cidades e avaliar se o melhor é optar por seguradoras – que oferecem serviços por reembolso.
Tabela e Rede Credenciada
Tabela e Rede Credenciada
GNDI - Interior/SP + B. Santista
 
 
 

Cotação Plano de Saúde PME